Associação de Micro e Pequena Empresa de Belo Horizonte ( AMPE-BH)Apoia o FOPEMIMPE

Associação de Micro e Pequena Empresa de Belo Horizonte AMPE-BH
Apoia o FOPEMIMPE

MISSÃO DA AMPE-BH DE BELO HORIZONTE 

“Representar e apoiar as micro e pequenas empresas por meio do associativismo empresarial, integrando-as com iniciativa, coragem e ética”

A AMPE-BH Promove o associativismo entre as empresas de Micro e Pequeno Parte com intuito de buscar o crescimento e fortalecer o segmento, além de disponibilizar convênios capazes de auxiliar e proporcionar comodidade aos empresários são alguns dos compromissos da Ampe..

Uma Associação de Micro e Pequenas Empresas (AMPE-BH) é uma sociedade sem fins lucrativos. Destina-se a capacitação, apoio e defesa das micros e pequenas empresas. Objetivando a promoção social e econômica. Estimulando o desenvolvimento e defendendo os interesses de seus associados.

Representa seus associados junto aos poderes públicos municipal, estadual e federal, procurando manter representação nos órgãos colegiados que formulam as políticas e ações que afetam o segmentos das micro e pequenas Empresas

Além disso a AMPE- BH visa promover, estimular, propor, conveniar, contratar, apoiar medidas que permitam a micro e pequena empresa o desenvolvimento harmônico de suas atividades, visando o seu fortalecimento.

A Entidade AMPE-BH luta pela simplificação de suas obrigações administrativas, tributárias, previdenciária e creditícia ou pela eliminação ou redução dessas por meio de leis específicas.

Ao longo de seus  quase 03 anos, a AMPE – BH   já conquistou muitos vitórias, que vieram a beneficiar as micro e pequenas empresas associadas ou não,

Se crescer é o ideal de sua empresa, venha juntar-se a nós.
O associativismo é o melhor caminho para um Brasil de resultados.

Nepomuceno é destaque no Fopemimpe, em Belo Horizonte


06/06/2011 – A prefeitura de Nepomuceno, através do prefeito Marcos Memento, foi prestigiada na 5ª Assembleia Geral do Fórum Permanente Mineiro das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Fopemimpe), na sexta-feira, 3 de junho. O evento contou com a presença do subsecretário de indústria, comércio e serviços, Marco Antônio da Cunha, além de autoridades públicas, empresários e representantes da indústria e associações comerciais de todas as regiões do estado.

O objetivo foi debater formas de aumentar a participação das micro e pequenas empresas nas compras governamentais. O encontro aconteceu no Hotel Dayrrel, em Belo Horizonte e foi promovido pela secretaria de desenvolvimento econômico (SEDE), do Governo de Minas Gerais, em parceria com o serviço de apoio às micro e pequenas empresas (SEBRAE/MG).

O prefeito Marcos Memento foi convidado para falar sobre o empreendedorismo em Nepomuceno e ressaltou a inauguração da Casa do Empreendedor, que acontecerá em 13 de junho. “Temos orgulho de apresentar a vocês nosso projeto inovador, que contribuirá com os empresários de nossa cidade. A intenção é informar sobre financiamentos e procedimentos de registro de empresas. É uma parceria com o SEBRAE, que irá gerar frutos para nossa região”, explicou.

Para o diretor de apoio às microempresas e empresas de pequeno porte, da SEDE/MG, Arnaldo Correia Silva Filho, a participação dos gestores municipais é importante, pois demonstra a preocupação com o setor empresarial na articulação de políticas públicas. “Esse espaço é constituído para debater ações que promovam o empreendedorismo e contribuem para garantir aos empresários investimentos necessários para geração de emprego e renda nos municípios mineiros”, esclareceu.

Fopemimpe

O objetivo do fórum é discutir a importância das micro e pequenas empresas em Minas Gerais. A principal meta é viabilizar a aplicação adequada da Lei Geral 123/2006, que regulamenta o setor de micro e pequenas empresas no Brasil. O Fopemimpe foi criado pelo Decreto nº 44.853, de 2 de julho de 2008, como um dos instrumentos previstos na legislação nacional. O encontro permite a discussão dos assuntos de interesse do setor e o desenvolvimento de propostas.
Os debates realizados no fórum abordaram ações que envolvem a responsabilidade social e ambiental, entre elas o aumento da oferta de emprego, regularização e formalização das empresas. Também foram discutidos as formas de acesso às ferramentas de gestão e novas tecnologias por parte da empresa

Anúncios